Roteiro de Viagem / Litoral de Santa Catarina Parte 2

5 de dezembro de 2021 / 66 / Turismo
Facebook It
Tweet It
Pinterest It
Ponte Hercílio Luz, foto - sc.gov.br

Ponte Hercílio Luz, foto – sc.gov.br

COM 42 PRAIAS, FLORIANÓPOLIS VALE O TÍTULO DE ILHA DA MAGIA

Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, conhecida também como “Ilha da Magia”. Situa-se no litoral catarinense, e conta com uma parte insular (ilha de Santa Catarina) e outra parte continental incorporada à cidade em 1927, com a construção da ponte pênsil Hercílio Luz – 820 m de comprimento – que ligou a ilha ao continente. Encontra-se aproximadamente entre 20 e 40 metros de altitude.

Com suas 42 praias, fazem dela a capital turística do Mercosul, pois possui um intenso movimento turístico durante todo o verão, principalmente com argentinos, gaúchos e paulistas.

PRAIAS DO NORTE

As praias que ficam ao norte da ilha são algumas das mais concorridas entre os turistas.

Lagoinha do Norte tem ambiente familiar, mar calmo e faixa de areia espaçosa para a diversão da criançada.  A estrutura, no entanto, é um pouco limitada.

Bem pertinho dela, a Ponta das Canas dispõem de mais comodidades e é igualmente agradável. Inclusive, foi uma das minhas favoritas.

Já a Praia dos Ingleses e a Praia de Canasvieiras, apesar de, na minha opinião, terem uma faixa de areia sem graça, possuem  excelente estrutura de bares, comércios, restaurantes e acomodações. Inclusive, são dois dos bairros mais concorridos para se hospedar em Floripa.

Jurerê Internacional é um dos pedaços mais valorizados da ilha e possui estrutura requintada, além de uma praia bastante agradável.

O pedaço mais charmosos da ilha é Santo Antônio de Lisboa. Além das suas praias bucólicas de pescadores é um verdadeiro passeio no tempo mostrada através das suas casinhas de arquitetura barroca e feirinhas de artesanato local.

Santo Antônio de Lisboa, foto destinofloripa.com.br / Heverson Santos

Santo Antônio de Lisboa, foto destinofloripa.com.br / Heverson Santos

PRAIAS DO LESTE

Mesmo o mar sendo bem mais agitado do que nas praias do norte, algumas praias do leste de Florianópolis também reúnem uma multidão de viajantes.

Com ambiente selvagem, sem nenhuma estrutura, e pouco indicada para banhistas, a Praia de Moçambique é ideal pra quem quer evitar praias lotadas.

Barra da Lagoa possui atrações além da praia propriamente dita, como por exemplo, o Projeto Tamar, as Piscinas Naturais e a trilha que leva a Praia da Galheta. A vilazinha ainda conta com uma estrutura adequada de comércios em geral.

Praia da Galheta, acessada somente por trilha, possui natureza preservada, poucas sombras e é a única da ilha destinada ao naturismo, embora não seja obrigatório que os frequentadores fiquem sem roupa.

Praia Mole é uma das queridinhas por estes lados e possui astral pra lá de animado, faixa de areia extensa e alguns quiosques a beira mar. No seu canto esquerdo começa uma trilha que também termina na Praia da Galheta. Para os que não abrem mão de um mergulho, atenção ao entrar na água pois o mar pode ser traiçoeiro.

Outra famosa pelas ondas agitadas é a Praia da Joaquina. Que, além de garantir a alegria dos surfistas, nos presenteia com um cenário único por conta das suas dunas.

PRAIAS DO SUL

Normalmente menos movimentada do que as outras regiões, as praias do sul possuem estrutura mais simples e sem tanta frescura.

A Praia do Campeche é uma das mais estruturadas e próximas da região central.

Praia da Armação e sua vizinha Praia do Matadeiro formam um cenário pra lá de fotogênico e certamente merecem uma visita.

Mais ao sul e acessada somente por trilha, a Lagoinha do Leste é dona de um dos cartões postais mais desejados entre os viajantes.

Finalmente, a Pântano do Sul é parada certa não por conta da sua praia, mas pelo fato de ser um dos acessos a Lagoinha do Leste, e por abrigar o pitoresco Bar do Arante.

Ilha do Campeche, Foto – descubrafloripa.com.br

Ilha do Campeche, Foto – descubrafloripa.com.br

 

O MELHOR DE FLORIPA

A seguir uma sugestão de itinerário para conhecer as principais praias e pontos turísticos de Florianópolis. Dentro de toda beleza de Florianópolis, alguns locais se destacam, como:

ILHA DO CAMPECHE

A Ilha do Campeche é a única ilha do país tombada como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional. Campeche abriga praias de águas transparentes e uma visão deslumbrante do mar.

A maior riqueza, porém, são as dezenas de inscrições rupestres protegidas em sítios arqueológicos e acessíveis por trilhas com acompanhamento de guias.

TRILHA DA LAGOINHA DO LESTE

Praia da Lagoinha do Leste é uma praia que tem a forma de um “S” preservada por leis ambientais desde 1992 o que mantém sua beleza natural.

Se você é fã de trilha, natureza, lindas praias e vistas deslumbrantes, não há melhor lugar que a Lagoinha do Leste. A praia, praticamente intacta, é uma das mais preservadas da ilha.

Existem dois acessos ao local: um pelo Matadeiro e outro pelo Pântano do Sul. O primeiro, é mais longe e segue tangenciando a costa. O segundo, mais curto e íngreme, possui um mirante com deck de madeira para descanso.

PRAIA DO CAMPECHE

O campeche se tornou um dos principais pontos turísticos de Florianópolis, principalmente no ‘Riozinho’, lugar da praia em que um pequeno córrego desemboca no mar. Lá, são praticados diferentes esportes, como kitesurf, windsurf e o slackline. A praia ainda tem redes de vôlei e futvôlei e travas de futebol, além de pessoas jogando frescobol e correndo com o pé no mar. É um dos pontos de encontro favoritos de jovens. Se estiver com tempo e gostar de lugares mais tranquilos, vale também conhecer a ilha do Campeche, em frente à praia.

Praia Mole, foto – voltologo.com.br

Praia Mole, foto – voltologo.com.br

PRAIA MOLE

Praia da diversidade e dos solteiros, a Mole é o local dos corpos bronzeados e sarados, das últimas tendências nos biquínis, da azaração livre e de muita paquera. Nos mares, o esporte é o surf, já nas areias, quem domina é o frescobol. E, para quem quiser aproveitar, os diversos bares espalhados ao longo da areia têm pratos típicos, bebidas e boa música.

LAGOA DA CONCEIÇÃO

Nem só de praias vive Florianópolis. A Lagoa da Conceição é a prova disso: lá existem bares e restaurantes para quem quer comer ou beber alguma coisa boa. O lugar é famoso por ser o reduto dos amantes da noite. Além dos bares com música ao vivo, existem também casas noturnas para os que estiverem mais animados.

A Lagoa da Conceição é um dos lugares mais belos de Florianópolis. E sua costa não fica para trás. Às margens da Lagoa, há uma trilha que margeia suas águas doces, sendo um prato cheio aos que gostam de caminhadas ou pedaladas.

SANTO ANTÔNIO DE LISBOA

O bairro, que foi um dos primeiros a ser colonizado na cidade, preserva aspectos da tradição açoriana. Algumas das construções, por exemplo, foram mantidas no estilo da arquitetura colonial. Santo Antônio possui, ainda, um famoso centro gastronômico, onde é possível degustar algumas das delícias da culinária local.

Com uma orla bem servida de restaurantes com decks à beira-mar, é um dos melhores lugares para um entardecer com muito charme e sem grandes compromissos.

Além disso, para deixar o passeio mais completo você pode ir caminhando até Sambaqui, a praia e bairro vizinho que fica a cerca de três quilômetros, e que também compõem a Rota do Sol Poente.

Costa da Lagoa, foto – Prefeitura Municipal de Florianópolis

Costa da Lagoa, foto – Prefeitura Municipal de Florianópolis

RIBEIRÃO DA ILHA

O Ribeirão da Ilha é outros desses redutos que preservam a cultura local. Também de colonização açoriana, o bairro continua seguindo as tradições dos pescadores que povoaram o local. A prova disso são os famosos restaurantes especializados em ostras, um dos carros chefes da gastronomia da ilha. Perto dali, há, ainda, uma opção para se fazer uma trilha rumo a Naufragados, uma praia praticamente deserta.

MERCADO PÚBLICO DE FLORIANÓPOLIS

Não importa qual o destino, se ele tiver um mercado público é muito provável que o lugar se transforme em um ponto turístico. E, obviamente, não é diferente com o de Floripa.

Localizado no centro, pertinho do terminal de ônibus e da rodoviária, o Mercado público de Florianópolis chama atenção pela sua abundância de bares e restaurantes.

COSTA DA LAGOA

Definitivamente é uma das melhores surpresas de Floripa. O acesso para a Costa da Lagoa é apenas por barco saindo da Lagoa da Conceição ou por trilha..

Curtir a tranquilidade e o ritmo desacelerado de se viver é uma das grandes atrações do lugar. A outra, não menos relevante, são seus restaurantes com decks na lagoa que servem pratos pra lá de apetitosos.

FLORIANÓPOLIS A NOITE

Tem muita coisa boa para fazer em Florianópolis à noite.

Desde uma saída para jantar num restaurante legal, curtir música ao vivo num bar mais intimista, ou até mesmo festejar até o amanhecer do dia – quem decide é você!

Embora muitas das opções se concentrem na Lagoa da Conceição, é comum que em cada praia exista ao menos um point para aproveitar a vida noturna em Floripa.

GALERIA DE FOTOS

 

Fontes:

https://descubrafloripa.com/tour-sul-da-ilha/

http://www.pmf.sc.gov.br/

https://www.guiadasemana.com.br/turismo/noticia/10-pontos-turisticos-que-voce-precisa-visitar-em-florianopolis

https://www.voltologo.net/o-que-fazer-em-florianopolis/

https://destinoflorianopolis.com.br

PRECISA DE AJUDA PARA ENCONTRAR SEU CARRO NOVO?

FALE COM A GENTE
Compare List